Cathedral

19 03 2012

Apesar de grande fã de rallies desde sempre, a falta de companhia adequada significou que só muito tarde pude ver e visitar locais que conhecia, quase de cor, de ver na televisão. Desde os troços de Arganil, ao mosteiro de Folques, à entrada de Góis, à Lagoa Azul e o Piodão vou, aos poucos, preenchendo lacunas da minha educação que me permitem conhecer os cheiros, as cores, a beleza, sem filtro e, infelizmente, sem a emoção de outros tempos.

Este ano, presumo que os deuses devem estar loucos. E ainda bem.

Os pilotos do WRC vão passar pelos seis quilómetros finais do troço de Fafe-Lameirinhas. Diz quem entende que Arganil é melhor. Mas o salto de Fafe e o seu enquadramento (a divina providência construiu ali um anfiteatro perfeito, melhor que muitos estádios) sempre levaram aquele lugar aos píncaros das preferências de quem troca o espectáculo de quilómetros por um momento de espectáculo.

Por mim, continua a aprendizagem! Venham mais dias como este…


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: