Motorfestival

8 09 2012

Estive hoje no Caramulo Motorfestival. Sabendo de antemão que a crise reduziu a competição automóvel a uma minúscula amostra do que era há pouco anos, seria expectável o meu desapontamento. Nada de mais errado.

Se é verdade que a vertente desportiva está hoje entregue a alguns bravos, também pude constatar que a paixão pelas máquinas (de duas e quatro rodas) está bem viva. Vários modelos raros e exclusivos, foram passeados pelos seus donos sem vergonha ou pudor, disfrutados como dever ser.

Não podendo almejar a um modelo à escala real, trouxe para casa o Datsun 510 da BRE (o #46 do John Morton) da EBBRO (1:43).

Ebbro Datsun 510 BRE

Pude entretanto verificar que não paguei nenhum loucura considerando que este modelo já não está disponível (segundo parece, a Ebbro já nem tem os moldes), o que me deixou ainda mais satisfeito, pois sou fã do Pete Brock e dos seus feitos de engenharia (caso não o conheçam, googlem “Pete Brock Daytona Cobra Coupe”.

Para nós, este modelo é mais conhecido pelo famoso SSS (Triesse) dos ralis, mas o “2002 japonês” foi o carro que abriu as portas da América à Datsun/Nissan através da competição. Seguiu-se o 240Z, e o resto, bom, é história.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: